terça-feira, 25 de julho de 2017

Estar Só Não é um Castigo, É um aprendizado.

Quem não se pegou, na juventude, pensando 1001 vezes nas pessoas que já passaram por suas mãos e bocas? Nos relacionamentos que QUASE existiram, nos QUASE amores, nas MEIAS pessoas que nos deparamos no decorrer da vida e do dia a dia?

Tantas perguntas, Tantas dúvidas, e o pior, todas elas em conexão ao coração idiota que se consolou em alguém que não valia a pena. Não que nós também sempre estejamos corretos, valhamos a pena e sejamos a última coca cola gelada com gás da geladeira.

Beijos ardentes, Olhares ´´sinceros``, Amores temporários, Mensagens trocadas, Tempo dispensado, Visitas realizadas, Dedicação à pessoa. E o que recebemos? ESQUECIMENTO. INDIFERENÇA. Mas quando nós as apagamos de nossas vidas e de nossas agendas, NOSSA, nós é que nos tornamos nos INGRATOS e IGNORANTES. E não elas (pessoas).

Eu gostaria de saber como é o sabor de ter alguém ao lado por algum tempo sem oscilarem os sentimentos, as mensagens, as atitudes e que a pessoa te PROCURE quando sente falta. Afinal de contas, das últimas relações, o máximo que retiro é que eu sou o melhor homem do mundo PARA OUTRA PESSOA, NÃO PARA ELA.

Como será que alguém sai com você, beija, continua saindo, te escuta, fala, e de um tempo para o outro, ou some, ou, te diz que você é especial e a melhor pessoa do mundo MAS NÃO PARA ELA.

E a ´´história`` de que está saindo de um relacionamento? Ah... Esquece, essa é para outro dia.

domingo, 11 de junho de 2017

O dia em que eu entendi

''Mas Vitinho, porquê você decidiu mudar tanto assim, de repente''? Essa perguntam é lançada como um pedaço de carne é lançado as lobos com fome todas as vezes que alguém me vê e não me via há tempos. E eu tenho a resposta na ponta da língua, e ela é clichê, e foi porque eu decidi que eu não deveria estar do jeito que estava.

Dose única na nossa vida, sem receita, sem precisar gastar muito: Amor Próprio! Essa é a solução para nossos maiores conflitos internos, nossas lutas internas, que diariamente podem nos consumir. Precisamos entender que temos direito total em enfrentar nossas lutas diárias e principalmente que não devemos envolver terceiros nelas, de forma que, não acabemos prejudicando o dia de alguém devida a nossa batalha.

Como é lindo a gente poder andar por ai, calçada por calçada, rua por rua, leve e satisfeito com o quê nos tornamos e com quem decidimos ou seguir ou abandonamos pelo caminho. É difícil demais, confesso, abandonar certos costumes e certas companhias, afinal de contas, não eram ´´amigos`` e sim um pedaço do seu coração.

Mas nós somos humanos, isto é, somos dotados de uma boa cabeça e um cérebro que nos faz pensar e sabe distinguir o amigo de um amor ou de um lapso temporal de carinho. Que termo, não é mesmo? Me senti intelectual! HAHAHA. Enfim, ficar também não é uma solução muito inteligente, convenhamos. É que a gente tenta conhecer alguém sem ter o fiel desejo do comprometimento.

Quantos avanços, Quantos processos, Quanta gente... É preciso mesmo que tudo isso esteja presente até nós encontrarmos uma pessoa que fique ao nosso lado? Não é difícil ver no olho de um apaixonado, de sentir sua mão, quando o carinho está sendo impresso a cada beijo e abraço! Então, POR QUE AINDA TEM GENTE NO MUNDO QUE ILUDE?

Eu não sei se estou certo, mas se vocês tiverem mais conhecimento que eu, me corrijam! (por favor) É que esse tipo de gente tem um vazio e uma beleza tão supérflua que a única ´´diversão`` delas é ficar dando uma de vampiro de sentimentos e emoções.

Moça (o), entende, ninguém que te quer perto vai te repelir ou sumir de suas listas de contatos, de suas SMS´S, de seus whatsapp´s diários ou de onde quer que seja que ele pode ter contato contigo! Vai, veste seu sorriso e seu melhor traje, destrua quem quis um dia te destruir! Sabe porquê dou esse conselho? Porque o dia em que eu entendi isso, eu sorri novamente! E, de brinde, me reencontrei.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Olá, quanto tempo!

- Olá, quanto tempo, como você mudou!
- Pois é, eu aprendi algumas coisas, falhei em outras.
- Mas você está super bem, muito melhor da última vez que te vi, não?
- Sim... (Respondo com a voz embargada de quem não quer se lamentar e dar explicações).

Interessante o diálogo acima, não? Não, interessante somos nós, o diálogo foi apenas mais um diálogo entre amigos que não se veem há algum tempo. E o interessante é, que mesmo após muito tempo sem se ver, pessoas mantém o carinho e fraternidade um pelo outro.

Engordar, Emagrecer, Aprovar, Reprovar, Enriquecer, Empobrecer, tantas variáveis diárias e até mensais não acham? O ser humano é uma constante evolução, afinal de contas, é quem move o mundo.

Eu já fui bem diferente do que sou hoje e não somente no aspecto bom ou ruim, é em todos os sentidos, desde o pessoal até o comercial. Azedo, Amargo, Doce com quem ´´merecia``, Simpático fora de casa, Um cú dentro de casa. Caraca, quantas variáveis em apenas duas linhas, não? Pois é, assim eu era.

O mundo vai girando bem devagar todos os dias, vai se locomovendo pouco a pouco para transformar, assim como eu acho que nós mesmos dia pós dia nos modificamos pois percebemos que algumas mudanças farão muito bem para nós e para os próprios que vivem ao meu redor. Viver neste universo não significa que precisemos nem estar sozinho e tampouco estar acompanhado (tópico).

A atual situação da nossa sociedade está tão crítica que não sabemos se devemos nos fazer de fortes e imbatíveis e seguir um caminho sozinho, ou, se somos frouxos o necessário para nos abrirmos à conhecer alguém e tentamos seguir em frente acompanhados (ainda que com um pé atrás).

Ciúmes, Relações de Aparência, Selfies, Declarações em menos de 1 mês de namoro, 2 anos de amor e alegria mas no termino só se escutam críticas e reclamações, Velhas com Novinhos, Novinhos com Velhas, etc... Meu Deus, quantas variáveis de novo!

Enfim... há quanto tempo você não olha para dentro de você mesmo? Senta em algum lugar, pensa no que você já foi e no que está sendo atualmente? Não para se julgar mais uma vez, pelo contrário, é para se aprimorar e evitar que qualquer outra pessoal possa te julgar!

Sorria um pouco mais, Releve as tolices alheias, Cola em quem te faz sorrir e escrever um bom dia!

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Relações Vazias: Beijos Secos.

Primeiro, antes de qualquer coisa, peço que coloquem a seguinte música a reproduzir: Céu Azul - Charlie Brown Jr. Não faz sentido para o texto em seu fundamento, mas sim, à mensagem que vem a partir do que discorrei abaixo.

Quem diria que chegaria um dia em que a reciprocidade seria extinta da face atual da terra? É dizer que, quando pensaríamos que as mal feitas relações e corações despedaçados, dariam lugar para pessoas robóticas sem sentimentos e reações?

´´Como você está?``, ´´Chegou bem?``, ´´Bom dia, como dormiu?``, etc... Essas frases fazem parte das relações tradicionais e de carinho que nós seres humanos desenvolvemos durante nossas vidas. Sejamos jovens, adultos ou idosos, tenhamos um relacionamento sério ou um (a) ´´ficante``.

Alguém em sã consciência já se pegou pensando em alguém mas com medo de mandar mensagem para determinada pessoa porque acha que estará incomodando? Ou pior, após beijar a pessoa, sentir a boca seca e o coração despedaçado porque sabe que aquilo é o mesmo erro de meses atrás?

Pessoas que se dizem maduras, resolvidas e até mesmo ´´desprendidas`` mas agem tão igual ou pior que um adolescente fazendo ciúmes em seu primeiro (a) namorado (a). Pessoas incapazes de superar um passado que deixou aberta uma ferida do tamanho do seu mundo, isso, do seu mundo porque no meu eu queria te incluir!

É tempo de encarar que a reciprocidade está em extinção e que as feridas deixadas pelas pessoas estão cada vez mais afetando os próximos relacionamentos. Mas, como sou um louco, irei lutar contra...

domingo, 26 de março de 2017

Vire à Direita

Nos decorreres dos dias e de nossa vida, nem tão longa ou velha vida, vamos procurando por abraços, sorrisos e também por motivos para sermos melhores pessoas e melhores amantes (ouvi hoje em pleno discurso de casamento logo pode ser utilizado de forma carinhosa, sim!). Ou vamos ficar estagnados apenas em viver, produzir alguns recursos monetário e morrer? Não!

Mas então, voltando ao fio da meada, porque as pessoas mudam (umas bruscamente e outras suavemente?)? Porque as pessoas são cruéis! E não falo pelos demais não, falo por mim mesmo, por experiência própria. Não, ter experiência não me dá um aval, um certificado, de verdade absoluta mas me embasa para conversar com alguém ou vir aqui desabafar em meu recanto das letras...

Entende-se que uma relação carinhosa, amorosa ou relacionamento sério se mantém com carinho, com amor (fundamental) e com reciprocidade. RECIPROCIDADE, baita palavra, grande significado. Acompanhem comigo: reciprocidade - substantivo feminino
  1. 1.
    qualidade ou caráter de recíproco; correspondência mútua; recíproca, reciprocação.
  2. 2.
    ling semt relação entre vocábulos cujos sentidos contrários expressam uma relação recíproca, como em comprar - vendermarido - mulher etc.
  3. 3.
    fil no kantismo, categoria do entendimento a partir da qual é possível o conhecimento da relação entre dois ou mais elementos quaisquer do mundo natural que são percebidos simultaneamente no espaço, de forma complementar e interativa.

Enfim...  o quê seria desta sociedade se 40% das relações fossem reciprocas e verdadeiras, é dizer que, sem meio amor e sem 2ªs intenções? Não vemos mais uma relação duradoura, gostosa de se ver, honesta nos dias de hoje...

Carinho incomoda, Persistência é cobrada mas rejeitada, Carinhos em forma de atitudes vivem sendo cobrados pelos perfis afora no Facebook, MAS PORQUÊ QUANDO (HOMENS E MULHERES) RECEBEM SE ASSUSTAM E FOGEM?!

É sério gente, eu não estou brincando, eu cansei e travei por só encontrar pessoas assim! Que por estarem incompletas, ou ´´traumatizadas``, fogem quando recebem tudo aquilo que pedem à Deus ou ao ente que acreditam! Por favor, me expliquem, o quê vocês querem?!

Tudo bem, não precisa me responder que eu não estou procurando uma resposta no momento devido um desvio no caminho, mas se vocês tiverem a resposta para minhas perguntas e incertezas, peço com carinho que, virem à direita e ali me encontrarão.

Música que entendo ser ideal para este texto: https://www.youtube.com/watch?v=wqtRqLWe8Uo

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Sugestão De Música

Tem me feito refletir muito, Tem me acalmado e principalmente tem me agradado os ouvidos.

Fica a dica.

Persista: Tudo acaba.

Já parou para pensar se os maiores inventores e cientistas parassem de tentar porque na PRIMEIRA tentativa FALHARAM? Pois é, eles hoje não seriam nossas referências e tampouco teriam descoberto o que descobriram. É regra da vida, É regra do jogo: Tudo acaba.

Seja o motivo daquele sorriso enorme e lindo, Seja o motivo de suas dores de cabeça, Seja o motivo de crise financeira que bate na porta sem dó: TUDO ACABA. É claro, precisamos ser persistentes e não deixar de lutar, é dizer que, vista a camisa e caminhe com fé!

Ando com inúmeros problemas, quem dessem fossem só os financeiros, não fossem os dos meus pais, os meus e mais todas as dívidas que temos consolidadas graças aos empreendimentos. Se tudo tem o lado bom e ruim, nas crises e nas análises, não é diferente!

Vejamos: 1 hotel, 1 loja, 1 escritório. A loja vai de mal a pior com a evidente crise brasileira e Argentina, ok. O hotel está com um ´´gerente`` que agora assinou um contrato de comodato. O escritório pelo menos auxilia minha mãe em suas contas e seu dia-a-dia (não fossem os erros de cálculos que a fizeram perder 3 k em 5 meses e só descobriu agora). Ah, esqueci do Restaurante, a ´´renda fixa`` que está cobrindo os carros da mãe, do pai, meu, casa e mercado.

O universo parece não conspirar positivamente para nós ultimamente, mas nunca devo me esquecer, que nas piores situações possíveis ele não abandonou nem a mim e nem a família. Então basta ter fé, ser perseverantes e levar tudo como dá.

Enfim, persista, nada é eterno! A luta tem seus frutos e a vida é bela. Tantos problemas e porque nós vamos deixar eles nos vencer?!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Aceite-se, Amor Próprio.

Já pensou onde você está hoje? Já viu que metas já cumpriu e ainda deseja cumprir? Já se olhou no espelho, sem vergonha, e gostou do que viu? Eu sei, não é fácil, são perguntas e tarefas demais não é mesmo? E se for a vida que te pergunta isso e você acorda de uma inconsciência e se dá conta que não está satisfeito? ...

Ninguém, eu quando eu digo ninguém, é absolutamente ninguém, me disse que algo na vida ia ser fácil ou de mão beijada. Porque digo isso? Porque eu comecei a me amar há dois meses atrás, amar no bom sentido, naquele onde eu peguei a rédea dos burros e travei os pés no solo de lama em que me havia metido. Eu voltei pra casa, tomei um bom banho, deitei com a cabeça a mil (doendo um pouco decorrente do dia a dia e da obesidade) e tomei uma decisão: Eu vou EMAGRECER.

Amor próprio não consiste só em parar de beber, deixar de lado aquele ser humano amado (a) ou até mesmo ir cursar uma faculdade, ou bem, convenhamos, também é um tipo de amor próprio mas não o mesmo que eu senti e pratiquei. Sim, eu decidi me amar e não sofrer mais de insônia, tampouco, roncar mais. Eu decidi que quando eu visse meu sapato desamarrado, eu poderia me agachar ou inclinar e amarrar-los. Eu decidi que, mesmo após não usar mais uma camiseta, eu poderei tirar ela do meu guarda roupa e usa-la.

LONGE, estou muito longe, de meu ideal são e saudável! Mas... muito mais perto do que antes. Então a mensagem é essa, não se preocupe com o caminho pouco trilhado que você percorre, pelo contrário, lembre-se das pontes que você ficou cortando caminho e veja o caminho sólido que você está criando!

E quanto aos amigos, os anjos que Deus nos manda e ninguém nos ensina a reconhece-los a não ser a própria vida. E quanto a você que está lendo este meu texto, escrito ao som de muito sertanejo via Spotify, com uma internet do cão aqui de Puerto Iguazú, sinta-se especial, pois este texto é um agradecimento ao seu apoio e incentivo também! E claro, não deixa de ser (nitidamente), um agradecimento pela sua amizade. (PS: Emagreci ao total 16,500 KG).

Continuará...

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Becos Sem Saída

Talvez um dos principais problema de me envolver com as pessoas seja esse, o título deste texto, pois não pode ser verdade a quantidade de pessoas incríveis que conheço e mesmo assim elas se parte no exterior da vida lá no fundo e param de se relacionar comigo.

Por ser escorpião, quem sabe, sou entrega e sentimentos sem exageros. Eu sou dedicação 100% e tambem 100% de esperança de RECIPROCIDADE. Eu juro por Deus que nunca vi um momento da humanidade onde a RECIPROCIDADE andasse tão ridiculamente jogada no lixo. Ou, no meu caso, ando saindo com pessoas vazias de reciprocidade...

Não peço muito, Não exijo nada, Não quero obrigações (tampouco ser obrigado). Felicidade, Carinho, Beijos, Sexo, Companheirismo, Continuidade: NÃO ESTOU PEDINDO COISAS DE OUTRO MUNDO. É pedir demais para uma pessoa que aceitar ficar com você (ou até que a pessoa chega até você) um pouco de reciprocidade?

Eu lembro da pessoa, Eu fico baixando imagens lindas recheadas de Significados, Eu levo pra jantar, Almoço se quiser, Vamos beber, Vamos passear. Não nego um belo e maravilhoso jantar, Não nego afeto, Não quero deixar a pessoa de canto pois sei como isso é ruim. Dou doces, Dou meu melhor, Me doo por inteiro.

Cultivar Flores? Ser melhor? Não ser tão recíproco? Deixar de me entregar 100%? QUAL É A FÓRMULA?

Enfim... Deus sempre tira pessoas da sua vida com algum propósito, então, pense bem antes de correr atrás delas. Prefira Borboletas (Mariana Lobo)