domingo, 26 de março de 2017

Vire à Direita

Nos decorreres dos dias e de nossa vida, nem tão longa ou velha vida, vamos procurando por abraços, sorrisos e também por motivos para sermos melhores pessoas e melhores amantes (ouvi hoje em pleno discurso de casamento logo pode ser utilizado de forma carinhosa, sim!). Ou vamos ficar estagnados apenas em viver, produzir alguns recursos monetário e morrer? Não!

Mas então, voltando ao fio da meada, porque as pessoas mudam (umas bruscamente e outras suavemente?)? Porque as pessoas são cruéis! E não falo pelos demais não, falo por mim mesmo, por experiência própria. Não, ter experiência não me dá um aval, um certificado, de verdade absoluta mas me embasa para conversar com alguém ou vir aqui desabafar em meu recanto das letras...

Entende-se que uma relação carinhosa, amorosa ou relacionamento sério se mantém com carinho, com amor (fundamental) e com reciprocidade. RECIPROCIDADE, baita palavra, grande significado. Acompanhem comigo: reciprocidade - substantivo feminino
  1. 1.
    qualidade ou caráter de recíproco; correspondência mútua; recíproca, reciprocação.
  2. 2.
    ling semt relação entre vocábulos cujos sentidos contrários expressam uma relação recíproca, como em comprar - vendermarido - mulher etc.
  3. 3.
    fil no kantismo, categoria do entendimento a partir da qual é possível o conhecimento da relação entre dois ou mais elementos quaisquer do mundo natural que são percebidos simultaneamente no espaço, de forma complementar e interativa.

Enfim...  o quê seria desta sociedade se 40% das relações fossem reciprocas e verdadeiras, é dizer que, sem meio amor e sem 2ªs intenções? Não vemos mais uma relação duradoura, gostosa de se ver, honesta nos dias de hoje...

Carinho incomoda, Persistência é cobrada mas rejeitada, Carinhos em forma de atitudes vivem sendo cobrados pelos perfis afora no Facebook, MAS PORQUÊ QUANDO (HOMENS E MULHERES) RECEBEM SE ASSUSTAM E FOGEM?!

É sério gente, eu não estou brincando, eu cansei e travei por só encontrar pessoas assim! Que por estarem incompletas, ou ´´traumatizadas``, fogem quando recebem tudo aquilo que pedem à Deus ou ao ente que acreditam! Por favor, me expliquem, o quê vocês querem?!

Tudo bem, não precisa me responder que eu não estou procurando uma resposta no momento devido um desvio no caminho, mas se vocês tiverem a resposta para minhas perguntas e incertezas, peço com carinho que, virem à direita e ali me encontrarão.

Música que entendo ser ideal para este texto: https://www.youtube.com/watch?v=wqtRqLWe8Uo

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Sugestão De Música

Tem me feito refletir muito, Tem me acalmado e principalmente tem me agradado os ouvidos.

Fica a dica.

Persista: Tudo acaba.

Já parou para pensar se os maiores inventores e cientistas parassem de tentar porque na PRIMEIRA tentativa FALHARAM? Pois é, eles hoje não seriam nossas referências e tampouco teriam descoberto o que descobriram. É regra da vida, É regra do jogo: Tudo acaba.

Seja o motivo daquele sorriso enorme e lindo, Seja o motivo de suas dores de cabeça, Seja o motivo de crise financeira que bate na porta sem dó: TUDO ACABA. É claro, precisamos ser persistentes e não deixar de lutar, é dizer que, vista a camisa e caminhe com fé!

Ando com inúmeros problemas, quem dessem fossem só os financeiros, não fossem os dos meus pais, os meus e mais todas as dívidas que temos consolidadas graças aos empreendimentos. Se tudo tem o lado bom e ruim, nas crises e nas análises, não é diferente!

Vejamos: 1 hotel, 1 loja, 1 escritório. A loja vai de mal a pior com a evidente crise brasileira e Argentina, ok. O hotel está com um ´´gerente`` que agora assinou um contrato de comodato. O escritório pelo menos auxilia minha mãe em suas contas e seu dia-a-dia (não fossem os erros de cálculos que a fizeram perder 3 k em 5 meses e só descobriu agora). Ah, esqueci do Restaurante, a ´´renda fixa`` que está cobrindo os carros da mãe, do pai, meu, casa e mercado.

O universo parece não conspirar positivamente para nós ultimamente, mas nunca devo me esquecer, que nas piores situações possíveis ele não abandonou nem a mim e nem a família. Então basta ter fé, ser perseverantes e levar tudo como dá.

Enfim, persista, nada é eterno! A luta tem seus frutos e a vida é bela. Tantos problemas e porque nós vamos deixar eles nos vencer?!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Aceite-se, Amor Próprio.

Já pensou onde você está hoje? Já viu que metas já cumpriu e ainda deseja cumprir? Já se olhou no espelho, sem vergonha, e gostou do que viu? Eu sei, não é fácil, são perguntas e tarefas demais não é mesmo? E se for a vida que te pergunta isso e você acorda de uma inconsciência e se dá conta que não está satisfeito? ...

Ninguém, eu quando eu digo ninguém, é absolutamente ninguém, me disse que algo na vida ia ser fácil ou de mão beijada. Porque digo isso? Porque eu comecei a me amar há dois meses atrás, amar no bom sentido, naquele onde eu peguei a rédea dos burros e travei os pés no solo de lama em que me havia metido. Eu voltei pra casa, tomei um bom banho, deitei com a cabeça a mil (doendo um pouco decorrente do dia a dia e da obesidade) e tomei uma decisão: Eu vou EMAGRECER.

Amor próprio não consiste só em parar de beber, deixar de lado aquele ser humano amado (a) ou até mesmo ir cursar uma faculdade, ou bem, convenhamos, também é um tipo de amor próprio mas não o mesmo que eu senti e pratiquei. Sim, eu decidi me amar e não sofrer mais de insônia, tampouco, roncar mais. Eu decidi que quando eu visse meu sapato desamarrado, eu poderia me agachar ou inclinar e amarrar-los. Eu decidi que, mesmo após não usar mais uma camiseta, eu poderei tirar ela do meu guarda roupa e usa-la.

LONGE, estou muito longe, de meu ideal são e saudável! Mas... muito mais perto do que antes. Então a mensagem é essa, não se preocupe com o caminho pouco trilhado que você percorre, pelo contrário, lembre-se das pontes que você ficou cortando caminho e veja o caminho sólido que você está criando!

E quanto aos amigos, os anjos que Deus nos manda e ninguém nos ensina a reconhece-los a não ser a própria vida. E quanto a você que está lendo este meu texto, escrito ao som de muito sertanejo via Spotify, com uma internet do cão aqui de Puerto Iguazú, sinta-se especial, pois este texto é um agradecimento ao seu apoio e incentivo também! E claro, não deixa de ser (nitidamente), um agradecimento pela sua amizade. (PS: Emagreci ao total 16,500 KG).

Continuará...

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Becos Sem Saída

Talvez um dos principais problema de me envolver com as pessoas seja esse, o título deste texto, pois não pode ser verdade a quantidade de pessoas incríveis que conheço e mesmo assim elas se parte no exterior da vida lá no fundo e param de se relacionar comigo.

Por ser escorpião, quem sabe, sou entrega e sentimentos sem exageros. Eu sou dedicação 100% e tambem 100% de esperança de RECIPROCIDADE. Eu juro por Deus que nunca vi um momento da humanidade onde a RECIPROCIDADE andasse tão ridiculamente jogada no lixo. Ou, no meu caso, ando saindo com pessoas vazias de reciprocidade...

Não peço muito, Não exijo nada, Não quero obrigações (tampouco ser obrigado). Felicidade, Carinho, Beijos, Sexo, Companheirismo, Continuidade: NÃO ESTOU PEDINDO COISAS DE OUTRO MUNDO. É pedir demais para uma pessoa que aceitar ficar com você (ou até que a pessoa chega até você) um pouco de reciprocidade?

Eu lembro da pessoa, Eu fico baixando imagens lindas recheadas de Significados, Eu levo pra jantar, Almoço se quiser, Vamos beber, Vamos passear. Não nego um belo e maravilhoso jantar, Não nego afeto, Não quero deixar a pessoa de canto pois sei como isso é ruim. Dou doces, Dou meu melhor, Me doo por inteiro.

Cultivar Flores? Ser melhor? Não ser tão recíproco? Deixar de me entregar 100%? QUAL É A FÓRMULA?

Enfim... Deus sempre tira pessoas da sua vida com algum propósito, então, pense bem antes de correr atrás delas. Prefira Borboletas (Mariana Lobo)

domingo, 25 de dezembro de 2016

Momentos de Reflexão

Quem diria que 2016 daria um giro de 180º tão brusco? Pelo menos na minha vida, em particular, ele veio para dar de colocada e me fazer ser o melhor goleiro de seleção já existente! Da crise econômica à saúde fragilizada de meu pai, e é claro, minha vida particular (e amorosa, se é que assim pode-se chamar).

´´Deus nunca dá fardos que você não pode suportar``, essa frase motivacional me é dita há mais de 16 anos, desde que sou pequeno. Eu não sou nem muito jovem, muito menos muito velho (haha), mas há um tempo perante toda e qualquer situação já me acostumei a ouvir essa frase ´´tradicional``.

Primeiro que o ano começou errado com meu sobrepeso cada vez maior, mas cá entre nós, novidade alguma. Longe de mim, a crise econômica que mês pós mês, só aumentou e bateu forte desde os bolsos ao banco. Por último e pedra fundamental no elo ruim de 2016, a saúde de meu pai, meu eterno guerreiro.

De banco à loja, De Foz à Cascavel, De casa ao Hospital; Quem merece essa rotina? Meu pai não! Eu, ao ´´auge`` dos meus 23 anos, empresário iniciante, sedento por sucesso e melhoras, estava ali no meio do universo total com meu pai agonizando dia pós dia de dor. Inexperiente, até para amigos médicos liguei, afinal de contas, é meu pai. 

Quem diria, não? MEU herói, MEU porto seguro, fragilizado, farto de dores, jogado em uma cama e frustrado pessoalmente com a situação. (IMAGINE EU COM TODOS OS PROBLEMAS E DÍVIDAS, VENDO MEU P A I, AGONIZANDO EM DOR DEITADO EM UMA CAMA). O meu pai além de ser de origem suíça, sempre foi cabeça dura (típico de argentino) e não satisfeito, sempre foi o ´´MACHO`` da casa.

Resumo da Ópera? Sei lá, 100 Mil reais, uma hérnia de disco retirada, em meio a recuperação (após inúmeros tratamentos, soro e tarjas preta), uma infecção hospitalar, uma nova cirurgia, e então, o tão merecido descanso pós operatório com certeza de ´´sucesso``.

Um dos momentos marcantes desses dias de luta e de glórias? 19/06/2016, na Argentina, Dia dos Pais. Meu pai, logicamente, estava internado (porém longe de ser o foco). Tirei minha mãe do hospital após 4 dias sem comer decente e dormindo pra lá de mal. Fomos ao Muffatto Almoçar, imaginem, haha. Após saírmos do Mercado fomos ao hospital novamente, após 2 horas mais com meu pai no quarto, me despeço e ele me pede que deixe minha mãe no mercado novamente pra comprar algo e ela voltaria a pé.

Até aí, qual é o problema ou dor em deixar sua mãe no mercado? Atitude rotineira? O problema é deixar sua mãe na rua lateral, dar a volta na esquina do mesmo, e ver ao se despedir dela Lágrimas em seus olhos de saudades e de cansaço de ver seu marido naquela situação e seus filhos sozinhos. BICHO, juro por Deus, não tem situação pior...

Passada a régua no que tange a Saúde de meu pai, que embora tenha sido tudo feito e os melhores medicamentos tenham sido indicados, continua ´´fragilizada`` em decorrência dos anos com esforço dobrado, noites sem dormir e trabalho em dobro para manter a casa em ordem.

Mas não bastava acontecer tudo isso, precisa também, o coração guiar para o entulho emocional e sexual. Afinal de contas, meus maiores de 18 anos, sentimentos também encaminham ao sexo. Loira, Morena, Loira falsa com Juba de Leão. Três pessoas marcantes, uma com uma ´´história de quase 6 meses``, outra, com 2 meses de duração, e a última, com 3 semanas de duração.

Eu não sou uma pessoa exemplar no quesito ´´entendedor das mulheres``, porém, quando eu me doo, quando eu crio meus melhores sentimentos por você, eu cuido como se fosse ´´esposa``. Eu me preocupo com seu dia-a-dia, se você precisa de ajudar, se você gosta mais de chocolate ou bala tal e se você está bem. E eu não peço quase nada, aliás o que eu peço, é fácil de me dar: RECIPROCIDADE.

Enfim, eu não quero me estender demais aqui pelo simples motivo de que eu desisti de vocês 3, e desta vez teve até bloqueio. ´´Nossa Victor, que infantil, você bloqueou FULANA``. Sim, querido leitor e amigo, eu bloqueie uma delas. O motivo? Eu não sou masoquista! Eu quero o mesmo carinho que dou, isso significa também, querer sua amizade sem te beijar. Ou caga, Ou sai da moita.

Mas será que não houveram conquistas neste ano? Digo, conquistas mesmo, tipo uma medalha? Tive sim, a principal delas, a VIDA do meu pai. Me ´´formei`` em 3 cursos na Argentina referentes à empresariado e hotelaria. Reconquistei amigos que eu não tinha contato e hoje são minha base e demonstram isso se preocupando comigo e minha saúde. EU me amei, me liguei que conviver com meu sobrepeso, não é viver feliz.

Este ano de 2016 teve uma carga negativa enorme, mas convenhamos, porque deixarmos elas superarem as coisas boas? É sério, é tão fácil quanto se vitimizar e entrar em depressão por vontade própria, ser feliz e grato pela vida. (Ficou confuso né?).

Deus, querido pai e criador deste universo, seja quem você for e onde estiver, obrigado pelas amizades, a saúde do meu pai e principalmente pelas provações.

E 2017, venha com paz, com saúde e com 30 Quilos a menos!!!

Feliz ano novo, novo ´´Vitinho``. 
Feliz ano novo, você, que lê este texto,

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Adocica Meu Bem

Retomo uma pergunta que me faço, e aliás, já fiz à duas pessoas: ´´Se o mundo é cinza, porque nós precisamos ser cinza?``. É sério, é até meio infantil e eu sei, mas é também uma afirmação muito válida para os dias de hoje, onde qualquer esbarrão, gera até uma morte se sai do controle dos envolvidos.

É tão fácil simplificar tudo, em todos os meios, em vez de complicar e deixar ainda mais amargo; Não acham? Hoje tá tudo no estopim: Contas, Relacionamentos, Clima e até mesmo nosso humor. Até quando, na verdade, ficaremos levando tudo no 100% de sobrecarga se podemos levar no 60% e ainda sorrir?

Já pensou em dizer à alguém hoje que você gosta dessa pessoa? Ou talvez, já pensou em sorrir para alguém na rua, mesmo que, sem receber esse sorriso de volta? E ajudar ao próximo, você já ajudou ao próximo esse ano?

Vale a pena adocicar, não acham? Um mundo repleto de desgraças, pessoas doentes que cometem atrocidades, políticos que desviam verbas dos mais indefesos e até mesmo da saúde... Já pensou se cada um pensa em fazer justiça com as próprias mãos por raiva e sentimento de vingança contra essas pessoas?

Pois é, adocica meu bem... 

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Um Vazio Repleto de Frustrações

Confuso, Perplexo, Ausente. Meu coração, Minha cabeça, eu não entendo mais o quê vem acontecendo na minha vida em todos os sentidos. Tá, tá muito legal ter meus amigos por perto, tá ótimo ter saúde e estar levando à frente uma loja de mais de 58 anos. MAS é só isso?

Não me formei, Não estudei, Não batalhei para apenas ficar preso em um ciclo quebradiço sem uma companheira. É, hoje eu to reclamando por estar sozinho, bela ironia não é mesmo? O coração frio, O cara que não queria ninguém, Quer uma pessoa do lado hoje...

A gente dá um duro danado para ser uma pessoa bacana, gentil e até, lógico, um cavalheiro para toda aquelas que passam em nossas vidas. Mas.. porque só conheço pessoas que, já ou logo amanhã, vão sair da minha vida? Não, não quero um amor rápido e nem amor pela metade, eu quero um amor completo.

O sentido da vida consiste em além de viver, e não fazer o mal ao próximo, em criar uma família ou estruturar um núcleo familiar decente que agregue algo à sociedade que você transita e habita. Não muito distante do que falei, nós como homens ou mulheres, temos que encontrar, cativar e conquistar alguém que nos acompanhe e dê a oportunidade de criar tudo isso sem atritos que encerrem a relação. (Hoje em dia casamentos terminam em meses).

Os obstáculos na vida começam dentro de casa, aliás, é dentro de casa que aprendemos a sermos bons cavalheiros e/ou boas mulheres (não penso nunca em momento algum escrever bela, recatada e do lar), mas após a vivência de casa, nós nos deparamos com as ruas e com os amigos do decorrer da vida. Ah a vida, Ah os amigos, AS RUAS... Como é doce o sabor da vida fácil que encontramos na rua com nossos amigos, conhecendo claro, a ´´vida``.

Já diziam os avós, dizem os pais, refrisam os professores e nos alertam as melhores amigas: ´´Tudo que vem fácil, Vai fácil``. ENTÃO PORQUE É TÃO DIFÍCIL ENTENDER E APLICAR ISSO NA NOSSA VIDA?

Enfim, por fim, não há mal pior que chegar neste ponto da vida (apenas o início) e nos depararmos com um paredão e um vazio repleto de frustrações.


domingo, 24 de abril de 2016

Ventos

Escrevo este texto de mente despejada e ao som de Dont´t Stop Me Now - Queen. Aliás, escrever a um som animado que te guie, é essencial! Digo, claro, ao escrever em um humor tão bom que quer ouvir música, já que, muitos textos saem automaticamente sem som mesmo.

Ventos do dia-a-dia, Ventos de Chuva, Ventos de mudança: Todos ventos, cada um, com seu significado e sua carga de mudança. Afinal de contas, porquê tudo (ou quase tudo), muda com um soprar de vento? É, a pergunta fica no ar e eu não quero responder ela sozinho.

A questão é que nem tudo na vida se resume a alegria e a conquistas, é meus amigos, viver significa lidar desde pessoas que nós não gostamos (e outras gostam) até exercer um emprego (por algum tempo) que não é o nosso sonho (ou meta de vida). Mas você sabe o motivo de tudo isso? O DESTINO. Afinal de contas, quem constrói seu próprio futuro é o ser humano, mas cá entre nós, se no destino não estiver escrito, goste ou não, isso não acontecerá.

O vento que pode nos  refrescar o corpo e agradar o momento da manhã pode ser ao mesmo tempo aquele vento que devasta cidades, estados, países... Engraçado como a natureza pode ser maravilhosa e tão furiosa ao mesmo tempo não é?

Acredito que as provações de nossa vida, seja por mais esdrúxula que seja a comparação, como os ventos que antecedem uma chuva bem longa e fresca: Carregada de águas passadas, Abrindo caminhos novos e refrescante por um tempo.


Ventos, longo ou curto ventos, direcionem nossas vidas para o melhor lado sempre que possível, e quando cair em tentação de ser duro, seja compreensivo.

quarta-feira, 9 de março de 2016

Sangue Sugas de Status

E por incrível que pareça, não adianta viver e levar a vida adiante apenas respeitando as regras e princípios básicos da sociedade e da religião, não, precisamos também, nos adaptarmos e livrar-nos dos sangue sugas de status quando se alcança determinada síntese social.

É isso mesmo leitor, você não está doido, estou querendo falar e relatar sobre aquela pessoa ou aquelas pessoas que podem estar por perto, mas quando estão longe ou com terceiros, falam e criticam (e até julgam) seus costumes e sua forma de viver a vida em paz consigo mesmo.

Não ouça isso, Não fale isto, Não ache, Não compre, Não consuma, Não aquilo, Etc... Tudo tem base e fundamento, mas na hora de sentar e debater, é tudo imposto porque não tem base e nem fundamento algum! Porque eu não posso gastar meu dinheiro como quero? Ou ter o estilo que quero? E comer o que quero, a hora que quiser?

Vá, Volte, Faça, Não faça, A, B, etc... SEMPRE DUAS OPÇÕES, VOCÊ OU FAZ OU SEGUE, OU NÃO ESTÁ INSERIDO... Mas espera ai, não é minha vida? Não é o que eu irei viver, sofrer, errar, acertar, aprender? 

O sangue suga de status não consegue te deixar ser alguém feliz com sua vida, com suas escolhas e com sua forma de expressar sua alegria, pelo contrário, esse tipo de gente sempre procura te jogar para baixo o mais rápido possível para ela ´´estar melhor`` em algum momento de seu ciclo de ´´amizade``.

Vamos deixar claro, sangue suga nenhuma deve nos tirar o sono e muito menos a personalidade que criamos ao decorrer da vida, então, FORA SANGUE SUGAS!